Como Alterar o Inventário sem perder os ajustes feitos no SPED Fiscal

 

Neste período de declaração de inventário é muito comum que as pessoas precisem gerar o SPED Fiscal diversas vezes para ajustar a escrituração do livro registro de inventário no bloco H. E com isso todos os ajuste feitos na escrituração do SPED Fiscal vão por água abaixo, sendo necessário refazer todo o trabalho realizado.

O que eu venho te mostrar neste artigo é uma alternativa a este ciclo, de maneira que você consiga ajustar a escrituração do livro registro de inventário, mas, sem perder os ajustes já realizados nos demais blocos da sua escrituração fiscal. Esta alternativa existe e está bem mais próxima do que você imagina. Ela se chama importação de blocos.

 

O que é e para que serve a importação de blocos do PVA?

A importação de blocos é uma função do Programa Validador e Assinador da EFD ICMS/IPI (PVA EFD ICMS/IPI) e serve para importar blocos isolados do SPED Fiscal através do arquivo .txt. Você pode acessar esta função através do menu Escrituração Fiscal > Importar Blocos ou simplesmente através do comando Ctrl + B. Para isso você deve estar dentro da escrituração do arquivo que deseja alterar.

 

Depois de acessar acessar a função será aberta uma caixa para que você selecione o arquivo que deseja importar os blocos. Feito isso é hora de escolher quais blocos importar. Normalmente as alterações feitas no bloco H vem acompanhadas de mudanças no cadastro de produtos, participantes, contas analíticas e etc, todos estes registros ficam no bloco 0, por isso, sugiro que você importe tanto o bloco H quanto o bloco 0.

 

Se tudo ocorreu bem você vai ver a barra de progresso indicando a importação dos blocos e finalmente vai receber a mensagem abaixo:

 

 

E pronto! Inventário ajustado sem influenciar nos lançamentos dos demais blocos.

Você pode usar esta mesma técnica para importar qualquer outro bloco da EFD ICMS/IPI, ela só não funciona para importar as informações do bloco E.

Compartilhar